A

produção é uma sátira aos filmes bíblicos e à intolerância religiosa. Na Palestina do ano 1 d.C., três reis magos trazem presentes à mãe de Brian (Graham Chapman), confundindo-o com Jesus (Kenneth Colley) que nasceu no mesmo dia, na manjedoura ao lado. Brian, depois de crescido, engaja-se em um dos muitos grupos revolucionários que se opõem ao domínio romano. Após tentar seqüestrar a mulher de Pôncio Pilatos (Michael Palin) com seu grupo, ele é visto como Messias pela uma multidão, ávida por lideranças religiosas.

Resumo de themoviedb.org